NÃO LEIA! Desventuras em série, crítica.

POR FAVOR! 
NÃO LEIA A ESTA POSTAGEM!
EU LHE IMPLORO, PROCURE ALGO MELHOR PARA FAZER, MAS CASO INSISTA SAIBA QUE É POR SUA CONTA E RISCO.
NÃO ME RESPONSABILIZO POR NADA QUE VENHA A LHE ACONTECER.


Bem, vejo que insiste em ler essa postagem, então lhe informo que tudo o será escrito aqui não tem a função de entreter ou causar algum tipo de contentamento. A história relatada é feita de infortúnios e nenhum momento de alegria. Se quiser um conselho, pare de ler agora, enquanto há tempo.

Agora é sério, deixando de lado todo esse drama que é a abertura da série, vamos falar do nosso novo caso de amor com a netflix, Desventuras em série.

A série é inspirada nos livros de Lemony Snicket onde ele relata a história de 3 crianças que perderam os pais em um incêndio que destruiu a casa em que viviam. No testamento dos pais, está que as crianças devem ser criadas pelo parente mais próximo da família até que Violet atinja maior idade e tenha acesso a herança da família. É ai que conhecemos Conde Olaf, um ator bem peculiar com um grande plano para roubar todo o dinheiro dos 3 pobres órfãos.



A primeira temporada tem 8 episódios com duração de aproximadamente 50min cada e os livros são divididos em 2 episódios cada um, ou seja, nessa temporada temos a adaptação de 4 livros.

A escolha do elenco não poderia ter sido melhor, okay, confesso que sou fã do Neil por causa de How I met your mother, mas cara, ele é sim o melhor! rs. Patrick e Malina também dão um show em seus papéis. Fiquei só aplaudindo enquanto assistia kkkk




Não quero dar muitos detalhes para não dar spoilers, então vou dizer o que essa série me ensinou, apesar de ter sido advertida a não assistir muitas vezes.

Aprendi que por pior que uma situação pareça ser, sempre podemos encontrar um lar, estando junto das pessoas que amamos e que nos amam também.

Aprendi que muitas vezes subestimamos  algumas pessoas seja por posição social, gênero ou idade e não deveríamos, pois todos temos algo a ensinar e a aprender com o diferente.

Aprendi que nem tudo vale a pena para a realização de um sonho, entenda, você deve sim ir atrás daquilo que deseja, mas pare assim que esse sonho custar-lhe algo inegociável, sua integridade moral.

Aprendi que a verdade é extremamente importante e evita que pessoas queridas se envolvam em confusão. Não importa o que, diga a verdade. Pode ser que agora você só enxergue consequências ruins ao dizê-la, mas a longo prazo você verá que tal dor foi muito menor do que se tivesse adiado isso.

Ignore todos os alertas de Lemony e os meus e veja Desventuras em série, você não vai se arrepender.

E sim, estou já encomendando os livros porquê sim.

Vejo vocês na próxima, mas enquanto isso, me diz ai o que acho da série, se já viu, vai ver, leu os livros, o que aprendeu.

16 comentários:

  1. Olá!
    Apesar de não ser meu tipo de série favorita, eu amei a sua resenha e sua escrita é maravilhosa. Confesso que fiquei bastante curiosa para assistir, hahahaha.
    Obrigada pela dica é sucesso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse ano resolvi viver o diferente, meu tipo de série são as de heróis e vampiros, então novos gêneros estão sendo acrescentados e como sou fã do Neil, pensei "humm.. pq não?" e me apaixonei haahah

      Excluir
  2. Oi, gostei da sua postagem, a série está em alta ultimamente, mas como não tenho Netflix não tem como eu assistir. Boa sorte na sua leitura dos livros ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Faz o mês grátis para poder assistir.
      Mas, cá entre nós, é o serviço de assinatura que mais vale a pena na vida.

      Excluir
  3. Não li os livros e nem assisti a série, ainda! Vi o filme com o Jim Carey e gostei bastante da história. Marcados na minha lista de compromissos inadiáveis, kkk

    Mandou bem na resenha, deu até um medinho, rs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahahahah obrigada pelo elogio, queria mesma passar essa sensação pois é o que a série tenta fazer também, nos manter com medo e curiosos.

      Excluir
  4. Muito legal sua resenha, quanto mais você pedia para não ler, mais curiosa eu ficava, rsrsrsrs!!! Já assisti o filme com o Jim Carey duas vezes. A série está na minha lista de favoritos, vou assistir no final da semana. Ótima sugestão!!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Cidália! hahahah
      Eu vi o filme uma vez e não achei grande coisa, muita história pra pouco tempo, mas achei que a série conseguiu lidar com isso muito bem.

      Excluir
  5. Oieee
    Nossa, eu AMEI essa série kkkk assisti com minha irmã caçula e foi bem gostoso de ver, já estamos ansiosas pra próxima temporada. Ainda bem que ignoramos os avisos kkkk
    Mas me deu uma raiva daquele bancário, senhor, vontade de chaqualhar aquele homem até ele virar trepos. Mais burro que a Doria, aventureira.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa! Nem fala!
      Você assisti e pensa "mew, não é possível isso! tá muito óbvio!" e ele consegue ser burro ao extremo ahhahaha

      Excluir
  6. Tenho visto tanta coisa acerca desta série que ando a morrer de curiosidade para assistir e basta ter o Neil Patrick Harris para querer assistir ainda mais (nunca irei esquecer o Barney de How i met your mother, né? ^^). Mas o tempo é tão pouco... De qualquer forma, gostei muito da dica!
    Beijos

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simm! Só ter o Neil já vale a pena. hahaha
      e você fica assistindo e pensando "oh! Playbook!" hahahaha

      Excluir
  7. O filme com Jim Carey me lembra infância. Quero muito ler os livros e estou muito louca pra assistir a série! Adoro essa chamada dramática de não assistir porque é muita desgraça rsrs Quando soube que o Neil seria o conde Olaf eu pirei. Mas ainda estou no dilema se leio os livros antes (problema que sai carinho comprar todos rsrs).
    Enfim... Adorei o post! Muito boa a recomendação e as lições que se tira com a série.
    Beijão =*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nem cogitei ler os livros antes pq Neil é Neil e ponto.
      Mas depois de assistir super quis e ai veio o baque do valor kkk
      #chateada

      Excluir
  8. Amodorei sua resenha cara, eu me lembro quando assisti o filme, era uma tico tico e me encantei .. e quando descobri dá série então viiiixi... Porem nao tive tempo de assistir, mas você me deixou intrigada ������
    Seria uma ótima colega de profissão

    Meus parabéns ...
    Meu id nao tá indo ��
    @compartilhando leitura (Bianca)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha
      Eu não dei bola para o filme, mas a netflix tem um marketing muito bom e colocaram o Neil como Olaf, então pensei "vou ter de assistir".
      Acho que algumas histórias ficam melhor em séries, pq tem mais tempo para desenvolver e em filmes sempre é tudo muito corrido.

      Seu id aparece sim, e cogitei fazer jornalismo, mas desisti pq moda conquistou meu coração! kkk

      Excluir

Olá! Adoraria saber sua opinião sobre o post!
Pode ser sincero, mas sem maldade, lembre-se sou uma pessoa também!