Legends of tomorrow

Um dos problemas que um fã dos seriados da DC encontra é o fato de sentir necessidade de acompanhar todas as séries vigentes, uma vez que as personagens em algum momento vão se encontrar e falar de coisas que você sabe caso não acompanhe a série do outro.

Entenda, você não é obrigado a assistir todas para entender uma, mesmo nos episódios de crossover a história que precisa ser resolvida ali terá um final, mas eles jogam coisas no ar para te incentivar a assistir a outra.

Nessa onda de coisas jogadas ao ar, me vi obrigada a assistir Legends of tomorrow, ou como a Globo diz "Lendas do amanhã", já que eles vão aparecer em Flash na terceira temporada e eu não gosto de não entender as piadas internas kkk


O esquadrão é formado por aquelas personagens que você nem liga nas séries originais ou que estão ali só somando, sem interferir na história, como é o caso de Ray e Sarah, ambos do mundo de Arrow.
Dos que saíram de Flash temos Jefferson e Martin (firestorm), Snart (capitão gelado) e Roy, ou seja, um super-herói sem espaço na série e dois vilões já derrotados. E os "sem série" Mulher Gavião e Gavião Negro, que fizeram uma pontinha de apresentação em Flash e Arrow em um crossover.

Todos foram reunidos por Rip Hunter, um mestre do tempo que aparece em 2016 selecionando os melhores heróis para uma missão de salvar o mundo do futuro de um apocalipse.


A temporada é composta por 16 episódios de 45min em média e confesso que até o episódio 3 não fiquei muito surpresa (tirando um mega spoiler que daria se contasse aqui kk), eles falam muito sobre viagem no tempo, e durante esse inicio achei muito repetitivo por ser algo que estava sendo tratado em Flash também.

Dos espisódios 4 á 10 já estava completamente apaixonada por cada um deles, shippando loucamente Sarah e o Snart, Ray e Kendra. O vilão me parecia excelente, odiava com todas minhas forças, mas ao mesmo tempo não queria que ele morresse, pois parecia que não teria motivos para continuar a série sem esse vilão.


Gostei do respiro que eles deram desse loucura obsessiva de matar Vandal Savage, arqui-inimigo dos gaviões, apresentando a Peregrina para aniquilar todos eles e confesso que gostaria que a intervenção dela na história tivesse durado mais 1 episódio.


Nos últimos capítulos já estava gritando feito louca "Morreeeee!!!!" "Mata ele logoo!!!!" "Acaba com essa praga!!" em frente ao pc e revelações bombásticas não paravam de aparecer.


Em uma das conversas com os vilões, Rip descobre que essa coisa de livre arbítrio não existe, que tudo era programado e controlado pelos mestres do tempo e entra em uma crise de existência, digamos assim, e isso me chamou muita atenção.

Filosofando um pouco, essa história de livre arbítrio é muito confusa e contraditória ás vezes, pensa comigo: se Deus controla tudo e tudo sempre sai do jeito que Ele quer, o podermos escolher nossos destinos não existe,certo?

Errado, e vou explicar usando a própria série.

Ao viajar no tempo, os tripulantes eram instruídos a alteraram o mínimo possível a linha temporal, ou seja, agirem o menos possível, pois um agulha no lugar errado em 1920 poderia se tornar algo tremendo em 2016, pois o futuro está sempre se construindo com base nas ações do passado, existindo um futuro que conhecemos (presente) e os futuros alternativos (que poderiam ter acontecido por determinada ação), porém todos são conhecidos pelos mestres do tempo e de um jeito ou outro, o que tem de acontecer acontece, a história quer se consolidar.

Levando isso para o lado espiritual, podemos dizer que nossas ações e escolhas no hoje, podem causar um efeito catastrófico ou maravilhoso no futuro, afinal, ele está sempre se moldando com base nas escolhas que fazemos hoje, existindo o futuro que almejamos e os alternativos (aqueles que podem se tornar realidade com as decisões que tomamos no dia-a-dia) e todos eles são conhecidos por Deus. Assim como os mestres do tempo, Deus faz pequenas intervenções em nossas vidas nos sugerindo como agir em determinados momentos, para que o futuro que Ele deseja para nós se consolidar, porém, se não ouvimos essas ações, um futuro alternativo se forma e passamos a viver no futuro permissivo de Deus.

Deus sabe todos os possíveis futuros para nossas vidas e com nossas decisões escolhemos qual iremos viver, mas no fim, o que Ele planejou prevalece já que a história quer se consolidar, ou seja, nosso livre arbítrio existe para aquilo que está ao nosso alcance mas não para o objetivo final de Deus para a humanidade que é conhecê-lo. Agora se vamos conhecer a fase amorosa ou a da justiça, somos nós que escolhemos.

Eu sei, loucura né!? Eu não sei brincar de entretenimento e sempre aprendo algo ou viajo em pensamentos desse tipo assistindo ou lendo qualquer coisa.

Talvez eu não esteja certa, não tenho base bíblica nenhuma para tudo que escrevi aqui, tava só assistindo uma série e comecei a pensar nisso. Mas, nesse momento, me faz sentido.

Resumindo tudo isso? A série é boa, tem muitos momentos de ação, pouco romance, provas de amizade infinitas, envolve e entrega o que promete. Terminou com um gancho muito bom para a próxima temporada e já me fez acrescentá-la a lista de "séries que estou acompanhando".


E você, já assistiu? O que achou? Algo a dizer da minha teoria maluca? Deixa ai nos comentários.

Legends of Tomorrow - 1ª Temporada
Enredo:😍😍😍😍
Figurino:😍😍😍
Vilão:😍😍😍😍
Episódio favorito: 15

23 comentários:

  1. Nossa que legal a resenha desse seriado, são apenas 16 capítulo com 45 minutos, desse passar bem rápido e ficar com gosto de quero mais! Amo filmes com super heróis, não tenho costume de assistir séries mais gostei da resenha fiquei curiosa. Bjsss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que as séries conseguem explorar melhor a personagem, no filme é tudo muito corrido, muita coisa para acontecer em 2h.
      Mas ás vezes cansa esse monte de episódio, sou a favor de séries com episódios entre 12 e 16, é o tempo perfeito para contar uma história sem enrolar de mais.

      Excluir
  2. Já assisti o começo de um dos episódios. Eu adorei. A história é incrível! Estou assistindo agora 'O Atirador', já assistiu?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não!!!
      Passei um semestre sem assistir série pq estava trabalhando escala 6x1 e estudando, então estou recuperando as minhas favoritas para poder começar novas.
      Mas vou anotar para iniciar assim que possível!

      Excluir
  3. Não assisti, mas fiquei curiosa! Eu gosto do Flash :p
    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Flash é meu segundo super-herói favorito, mesmo achando a série um pouco repetitiva de mais, o vilão é sempre o mesmo, praticamente.
      Fora os momentos de "eu não consigo" isso me irrita kkk
      Mas entendo que faz parte do inicio de qualquer carreira.

      Excluir
  4. Eu amo o universo DC! Mas acho muito difícil acompanhar tudo! Acho que eles poderiam ir devagar hahaha. Vida de viciada em séries não tá fácil! Ainda não comecei essa, mas pretendo! Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siimm!! É maravilhoso isso de crossover, mas poxa, keep calm! kkk
      Eu comecei a ver por causa de um crossover e pq queria saber como que Prision Break vai voltar se os atores estão em Legends kkk

      Excluir
  5. Estou assistindo a segunda temporada, confesso que gostei bastante da primeira mas estou achando a atual um tanto enrolada rsrs acho que eles estão enchendo linguiça rsrs mas ainda assim o vício não me deixa rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, não comecei ainda a segunda temporada.
      Uma pena estarem fazendo isso, eu realmente achava que o vilão poderia ter sido mantido, pq ele parecia muito bom para ser derrotado em 16 episódios, então quero ver como vão continuar isso.

      Excluir
  6. Nunca assisti essa série. Não sou tão fã da DC, sou mais fã da Marvel <3 rs.
    Mas gostei da resenha, bem cheia de detalhes, deu até vontade de assistir.

    Beijos

    Blog Tudo Junto e Misturado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sou mais fã da marvel, mas quem manda bem nas séries por eles é a netflix né?!
      Eu parei Agents na segunda temporada e achei fraquinha, não sei como está na vigente, mas vou retomar em breve.
      A DC arrasa nas séries, delas, só Arrow que deu uma decaída e o final que é sempre chato, ele sempre deixando de ser o Arrow para voltar na próxima temporada pq a cidade precisa, sabe, troca o disco.

      Excluir
  7. Acompanho Arrow, The Flash e Legends. O que mais gosto nessa série é o conteúdo cultural que ela traz e uma certa leveza. A única coisa que me incomoda e o reaproveitamento de vilões das outras séries.

    Blog Profano Feminino

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, achei esse um ponto fraco também, parece um reciclado de Flash e Arrow. Mas não deixa de ser bom.

      Excluir
  8. Olá,
    Eu adoro esse seriado, assisti toda semana.
    Muito bom mesmo, depois o flash <3
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hahahaha
      Eu coloco em primeiro lugar Flash, gleek que sou, Flash é o paraíso de ex-gleeks ahahahaha

      Excluir
  9. eu ainda não assisti porque algumas coisas em Arrow e Flash estavam me dando nos nervos e me decepcionando. ai chegou uma hora que falei: larguei as duas, fim.
    nunca tinha lido ou ouvido alguém falando sobre Legends, e confesso que você me deixou com muita vontade de assistir. eu amei o Ray em Arrow e sempre achei que ele deveria ter um papel mais importante na série do que ser o pivô do relacionamento chato de Felicity e Oliver. quero ver Legends mais por ele <3
    você me resumiu nessa frase: Nos últimos capítulos já estava gritando feito louca "Morreeeee!!!!" "Mata ele logoo!!!!" "Acaba com essa praga!!" em frente ao pc e revelações bombásticas não paravam de aparecer.
    eu fico assim sempre kkkkkkkkkkk
    vou colocar Flash em dia primeiro (se eu conseguir) e começar Legends.
    moça, agora tem 80 séries na minha grade. como faço pra viver? kkkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei, mas quando descobrir como viver com tanta série para ver, me avisa hahahah
      Gosto muito das séries da DC pq elas me envolvem, são as únicas com quem grito, tirando The Originals kkkk

      Excluir
  10. Genteeee eu nem sabia dessa série! Mas adoro tudo de super heróis, quero assistir já!

    ResponderExcluir
  11. Realmente são series bem viciantes mesmo, que fazem ficar acompanhando e contando os dias para o proximo. Atualmente não estou assistindo nenhuma rs para descasar um pouquinho. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como você consegue? Fui obrigada a não ver por um tempo e quase morri de abstinência hahaha

      Excluir
  12. Gostei muito da série e da sua comparação com as ideias de Deus. Ele por ser infinitamente bom nos da realmente o livre-arbítrio. Temos realmente o poder da escolha. Ele nos mostra uma opção que sabe que não dará certo e a opção boa e por ser Bom ainda nos diz "tem essa opção e essa, mas escolham a boa" e, às vezes, preferimos insistir nas escolhas ruins que nos levam a um outro destino o "alternativo" mencionado por você. Esse destino é totalmente alternativo, mas não pela vontade de Deus e sim alternativo por nós o termos escolhido. É nesse destino que passamos por problemas e afins mas lá vem Deus de novo, tentando nos levar para o caminho bom. Sempre podemos escolher pra onde iremos, Deus só nos apresenta o caminho e torce para que nós façamos a escolha correta. Fiquei muito empolgada com a série, confesso que ainda não tinha ouvido falar dessa e olha que gosto das séries da DC. Vou procurar assistir. Ótimo post, beijocas! ♥

    Sorriso Jovem | SJ Oficial Fanpage

    ResponderExcluir

Olá! Adoraria saber sua opinião sobre o post!
Pode ser sincero, mas sem maldade, lembre-se sou uma pessoa também!